quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Insanity

Estou a gostar imenso de fazer. Não é (nada nada) fácil, mas faz-me sentir muito bem cada vez que acabo uma sessão.

Infelizmente acho que vou ter de parar.

Desde que comecei esta "cruzada" contra o excesso de peso, nunca tive nenhum problema de saúde, pelo menos que eu atribuísse a este meu novo estilo de vida. E é essa a ideia, ganhar saúde e não perdê-la. Tenho andado apenas com uma queda de cabelo fora do normal desde a Primavera (é normal, pelo menos para mim, ter queda de cabelo na Primavera, mas costuma parar lá por Maio/Junho, e este ano ainda continua). Não sei se é exactamente consequência das alterações na minha alimentação e da perda de peso, mas parece-me razoável pensar que sim. No entanto, apesar de não ser uma situação agradável, não me parece ser nada de extremamente preocupante, pelo menos desde que não seja muito grave (e não me parece que seja).

Com o Insanity já não me parece ser bem a mesma coisa. Comecei a fazer no início de Julho, com algumas pausas por causa das férias. A minha menstruação costuma ser bem certinha, e em Julho veio com 3/4 dias de atraso. Já me tinha acontecido, em situações de mais stress por exemplo, vir adiantada um dia ou dois, mas nunca tinha atrasado, que me lembre. A de Agosto está a começar a vir agora, com uma semana de atraso.
De acordo com tudo o que eu já estudei nas aulas, e li em casa sobre perda de peso, as alterações na menstruação podem ser causadas quer por perda de peso, quer por exercício muito vigoroso. Ora que eu já ando a perder peso desde o início do ano e isso nunca me alterou a menstruação. E nos últimos meses nem tenho perdido assim tanto peso como isso. Portanto resta o exercício, e não há dúvidas que o Insanity é extremamente vigoroso, quase "violento" para quem não está habituada a exercício. E a altura em que comecei a fazê-lo coincide com o início das alterações menstruais.
Posto isto, cheira-me que o Insanity me anda a mexer com as hormonas, e eu não gosto nada disso.

Odeio, mas odeio mesmo ter de desistir assim. E não é pelos resultados fabulosos (que até nem considero que os esteja a ver...), é mesmo porque desistir do Insanity me faz sentir fraca. Mas a saúde vem sempre em primeiro lugar, e se foi ela que me levou a começar isto, não a posso pôr em risco por causa de um "capricho". Portanto lá vou eu tentar encontrar um plano de exercícios que eu goste e que não me mexa com o sistema. O que eu gostava mesmo era de ir para um ginásio, e começar a levantar pesos (tenho lido muito sobre o assunto e parece-me ser um tipo de exercício absolutamente fenomenal, ao contrário dos estereótipos que existem por aí), mas infelizmente não tenho condições financeiras para pagar a mensalidade, visto que é tudo caro comóraio.

Cá vou ter que me arranjar, mas desistir é que não!

4 comentários:

Ju disse...

Eu também adorava ir para um ginásio, mas não sou rica!
O Insanity deve ser mesmo muito forte. O meu namorado também desistiu. Ele disse que este ano é que ia ser, mas ainda não vi nada! Beijinhooo*

Starfish disse...

Bem estou a ver que o Insanity é mesmo forte! :O Bom, eu confesso que não gosto muito de ginásios. A longo prazo seria um bocado entediante, não sei. O que adoro mesmo é fazer caminhadas :)

Catarina disse...

Basta ver na net que já se encontra exercícios bastante bons, e que são usados no ginásio. Porque hoje em dia é realmente dificil dispensar 3o euros para uma mensalidade. Portanto, boa sorte (:

Cris** disse...

Olá...

Bem eu quis muito fazer o insanity mas achei que não tinha condição física pra tal :D
Então comecei com o turbo fire. É mais com coreografias e no início é complicado seguir porque é tudo muito rápido mas é genial! E sim, resulta e suas imenso! Pra musculação há aquelas bandas de resistência, e no TurboFire há aulas pra tonificar e esculpir o corpo em que usam isso :)
Não sei se ajudei mas pronto, fica a intenção :)
Tb há sites fixes no youtube, de vídeos engraçados mas nem por isso menos puxados!

Força e boa sorte (: