sexta-feira, 12 de março de 2010

Desabafo

Sim; não.
Estás; desapareces.
Falas; ignoras.
Dizes que já não passas sem falar comigo e depois dizes que nem te conheço.
Num dia mandas mensagem por tudo e por nada e no dia a seguir nem respondes a uma sms minha.
Às vezes quase nem esperas que eu entre no msn pra me bombardear com as tuas parvoices, mas outras vezes passas horas sem vir falar comigo.

Se esta situação já é, por motivos alheios à minha vontade, impossível, cada vez fico mais sem saber o que fazer.
Sem saber o que pensar e sem saber o que tu pensas.
E esta incerteza deixa-me irritada, magoada, confusa...

3 comentários:

Lu! disse...

Entendo-te muito bem!

É confuso, é estranho e magoa muito!

Força!

B* disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
B* disse...

Como eu te entendo ... É muito constrangedor e doloroso.